quarta-feira, 2 de agosto de 2017

É DOIDA A LUA?

 
 
 
A lua anda! Dando sustos e inspiração! É cada aparição...
Ora surge na minha janela, imensa e amarela. Pintada para a noite. Bela donzela!
Ora é filete de unha que aparece quando entardece. Fina e magrela. Corta e fere em tempos de solidão. Minguando com meu coração.
Outras vezes é novinha. Branca. Redondinha. Lua cheia! De luz e magia. Lua das musas e fadas madrinhas. Protagonista eterna da noite. Enfeite natural no horizonte!
São infinitas as luas... Lua dos amantes. Das cartas de tarô. Lua de São Jorge e do teatro Nô. Lua pequena e distante. Lua vermelha de sangue. Lua dos morcegos, em noite de nevoeiros... Lua que surge na fumaça. Companheira solitária dos que vagam na praça...
Lua do sertão. Lua do rastro no mar. Lua de Ushuaia e do deserto de Madagascar! Lua da praia. Da gandaia... E dos loucos como ela, a girar.
Mas a lua mais marcante que vi nascer foi lá em Paraty. Para mim e para todos ali.
Vi do alto da ponte. Sobre o rio que separa o Centro histórico da cidade. Nem parecia verdade. Impavidamente se erguia, deixando uma luz guia. Rastro dourando as águas escuras... Os escravos fantasmas e suas amarguras. Visitantes. E barcos a descansar...
Com tanta luz a nos presentear, deu vontade de aplaudir. Talvez, de chorar.  
Ah... mas é doida essa lua, sim! A lua dos homens e do lobisomen. Que faz dormir as crianças e acordar os poetas... Lua vista de fenestra. Aquela que bóia e flutua!
Pois que depois de tantas aventuras, a lua ainda anda, nas noites frias,
completamente nua!
Doidivana  lua!   
 
*                    *                           *                           *                        *

SIGA O NOSSO BLOGUE E CONCORRA A UM LIVRO INFANTIL DE PRESENTE!
É SÓ CLICAR EM SEGUIR + ( FOLLOWERS), NO CANTO DIREITO DA PÁGINA
OU DEIXAR SEU E MAIL CADASTRADO PARA RECEBER AS POSTAGENS!
BOA SORTE!

Nenhum comentário:

Postar um comentário